quarta-feira, 21 de maio de 2008

achada e perdida

"a cada instante que te amava mais
me amava menos.
era como subtrair minha dor
daquele desejo perverso e desnecessário.
matei ambos: devo viver mais uns 50 anos."

achei esse trecho perdido em uma arquivo .txt largado no desktop. fiquei pensando de quem seria, procurei no google e nada! e continuo sem saber... fui eu que escrevi?!

4 comentários:

Jamila disse...

não entendi pq não faria "meu estilo"... não tenho estilo literário, não.
i think it's nice!
=*

boba.

to sem inspiração pro incenso... será que acho algo perdido por aí?

Jamila disse...

que que eu te fiz, hein?
falo mais nada

Jamila disse...

humpf... ta...
entendo...

Marcos Pedro disse...

Haha... Que legal

Um tesouro feito de sangue.

Enterrado numa ilha de dados...