sexta-feira, 17 de julho de 2009

melhor não dizer.

Dizer te amo e estagnar no resto
é como perder a calma com o vazio
que restou daquela relação decadente,
é como pedir perdão à demência passada.

Eu fui o que quis porque quis
e não deveria me explicar assim
de forma tão desnecessária e dolorosa
afinal já lhe entreguei o raio-x completo.

E o que mais espera? que eu minta?
Eu quero partir de súbito e pra longe
e fugir da insistência burra que me impõe,
que me impunha. Eu quero é ver as ondas.

6 comentários:

ParadoXos disse...

O título fica por dentro do sonho, o teu!

beijos meus!

Renata de Aragão Lopes disse...

Como "melhor não dizer"
o que já foi dito? ; )

Um beijo,
doce de lira

Dry Neres disse...

Texto carregado dos mais diversos sentimentos... Vou ler mais... isso aqui tá muito bommm!!! xD

Beeeijo..

Dry Neres disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Victorino disse...

Já me senti parecido. Só que infelzimente não soube dizer tão bem que era melhor não dizer

Veneno Antimonotonia disse...

A sua cara.